sábado, 5 de maio de 2007

Sublimação da animalidade humana...a invenção da arte, tradição, património e da cultura




Animal sofrendo às mãos da animalidade ou da racionalidade?








Quem é o animal??





Cultura também é animalidade, a animalidade não é invenção...apenas a palavra o é. Racionalismo é invenção...designa o encapotamento sofisticado daquilo que o homem renega por o atemorizar...no entanto pratica-o todos os dias, de outras formas, algumas delas sem esta evidência de animalidade.

Os rituais de excisão...cultura certamente...mas cultura animal. Toda a cultura humana é animal. Pensar não é necessáriamente ser racional. O que nos distingue dos animais é a forma de processar pensamento (pensamentionalismo??), o racionalismo é uma coroa, a glória...mas o rei
tem frio, porque está nú.




Penso, logo existo...mas como deus existe e eu para chegar a esta conclusão até tive dúvidas...não posso ser um animal. Sou um ser racional.

3 comentários:

sapiens disse...

no meio de toda esta animalidade talvez estejamos apenas a exercitar algo tão comum no reino animal que nem seria pertinente excluirmo-nos dele.. somos um predador na nossa essencia... temos alguma ansia de sangue, mas, tentamos racionalizar isso. no entanto quanto de nós não continua a ser um completo animal sujeito a instintos que insistimos em tornar racionais e culturalizados, mas que não deixam de ser isso mesmo: instintos. tudo bem, dizem alguns, mas instintos controlaveis...sim sim, controlaveis quando estao sob o jugo da cultura. Culturalizando tudo é possivel e justificado.

bela lugosis dead disse...

Então existe racionalização da animalidade, logo esta segunda pré-existe à primeira...é então um produto da animalidade...não?

sapiens disse...

não, a animalidade pré-existe obviamente a racionalidade, a racionalidade culturaliza e autoriza a animalidade reconhecendo-a (com outros nomes menos "feios") e incluindo-a no dia a dia dos individuos sob a forma de cultura. isto porque não consigo encontrar outra explicação para o fenómeno da tourada por exemplo. A racionalidade em ultima instancia é o producto da evoluçaõ, e aqui entramos noutra discussão semantica... de qualquer das formas penso que os dois conceitos se tocam, evolução e animalidade... evolução o mecanismo que nos permitio desenvolver a racionalidade, animalidade o processo que nos permitio sobreviver a pontos de podermos estar sujeitos a essa selecção evolutiva.