domingo, 25 de novembro de 2007

Racionais MC's Homem na Estrada




Actualmente no Brasil, o hip hop combina-se com os movimentos evangélicos, nas igrejas "louva-se a deus" cantando-o através deste ritmo. Através dele, deus chega a criminosos que se convertem ou re-convertem. Sincretismos. O "bem" e o "mal" lado a lado. Deus desceu à favela. A violência é brutal. A música regista a dinâmica, é o seu próprio rosto. Music for the people.

2 comentários:

Pouco Engraçado disse...

Deus não desce à favela..
Quando o negro consegue finalmente fugir da favela, esta remete-se para o Inferno do esquecimento, como se ela nunca tivesse existido. Gentxi dji favela não tem paz, não tem Deus, não tem nada.

Henrik disse...

Deus não desce à favela pois é o homem que faz o seu inferno e céu..e nunca eu acusaria o negro de esquecer a favela, deveria ele lembrar o inferno? ou por sua vez viver o tempo que lhe resta como humano? cruel ou não..a favela não se cura com a angústia de um ou dois homens ou mulheres.