quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Selecção sexual - Questionário





Ainda hoje, quando ouvimos falar em selecção tendemos a remer de imediato esta ideia para Darwin e para a selecção natural. Tal acontece muito provavelmente porque, embora Darwin tenha simultaneamente enunciado os princípios da selecção sexual, esta ideia ter sido praticamente ignorada e até rejeitada até cerca de 1970. Este principio foi logo em 1871 sugerido por Darwin como tentativa de resolver a aparente incongruência entre a adaptação e o desenvolvimento de características potencialmente minimizadoras das possibiliidades de sobrevivência dos indivíduos como o são traços exageradamente exuberantes como as penas do pavão macho. Darwin esboçou na sus obra The descent of man como se segue a sua ideia acerca da selecção sexual:

“when the females and males of any animal have the same general habits of life, buit difffer in structure, coliur or ornament, such differences have been mainly caused bu sexual selection: that is by individual males having had, in successive genearations , some slight advantage over other males in theyr weapons means of defence, or charms wch tey have transmited to theyr male offspring alone” Darwin , (1871).

Na maioria dos vertebrados incluindo os primatas não existem praticamente diferenças na forma e tamanho corporais dos indivíduos até á puberdade (Badyaev, 2002). Apartir da puberdade os corpos começam a especializar-se e a diferir devido ao desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários. Caracteres sexuais secundários são todos aqueles que se desenvolvem sem qualquer relação com a reprodução em si mesma (ex: seios permanentemente inchados nas mulheres, Barba e Pénis demasiado grandes proporcionalmente ao tamanho corporal no caso dos homens) .

A psicologia evolutiva é uma ciência com aproximadamente duas décadas que tem vindo a abordar este tema até muito recenetemente pouco estudado.
Esta ciência tem como pressuposto basilar a existência de um darwinismo comportamental, ou seja, á semelhança do que acontece com a selecção natural, visível nos traços físicos e adaptativos das diversas espécies (Asas para voar, braços grandes e longos para braquear nos primatas braqueadores, bicos grandes e robustos para comer sementes duras nos tentilhões das galápagos), a selecção natural terá actuado igualmente sobre os comportamentos de cada uma das espécies. Isto só é possível se concebermos, porque a psicologia evolutiva tem igualmente como pressuposto que os comportamentos são adaptações evolutivas codificadas nos genes tal como as características morfológicas sendo assim passadas através das gerações durante o processo de reprodução. Desta forma, á semelhança do que acontece com as características anatómicas, possuímos enquanto espécie tendências inatas para nos comportarmos de determinadas formas e para dar tendencialmente as mesmas respostas a determinados estímulos.
Um dos grandes ramos de estudo desta ciência, e também um dos que tem crescido mais rápido dentro da área da boologia evolutiva é a selecção sexual. De acordo com o mesmo autor, ao contrario do que se possa pensar a selecção sexual é uma selecção mais forte do que a selecção natural actua em cada geração ,sempre que existe escolha de parceiros sexuais, devendo por isso ser merecedora da nossa atenção enquanto evolucionistas.



Solicito agora a todas as mulheres e homens (Portugueses) que possam estar interessad@s em colaborar, o preenchimento deste pequeno questionário(so demora 5 minutos).

Destina-se a suportar um trabalho académico para a cadeira de Evolução do comportamento humano. Há versão senhoras e versão homens, desta vez é apenas um questionário destinado a mulheres e homens heterossexuais.


Para as meninas!

quizmulheres.freehostia.com


Para os meninos!

quizhomens.freehostia.com

é so clicar o link no link e preencher.

Desde já muito agradeço

:)

Sapiens

3 comentários:

Zé Camões disse...

A selecção sexual é extremamente importante, na maioria das espécies, a fêmea é cortejada e escolhe o macho que lhe parece apresentar os melhores atributos, o mesmo se passa na nossa espécie, a mulher tem tendência a escolher um macho que lhe assegure mais recursos, pelo contrario o homem escolhe fêmeas onde os atributos reprodutivos sejam mais visíveis, entre outros.
A forma de cortejar varia de espécie para espécie, temos o exemplo do pavão que ostenta a sua vistosa cauda, ou temos a louva a deus que dá um presente nupcial, é importante analisar os benefícios na escolha de um parceiro, mas logicamente será isso que vai influenciar a sobrevivência da descendência.
Terei de concordar que a selecção não é feita apenas no sentido evolutivo, para tornar as espécies mais adaptadas, mas é feita no sentido de saber que a descendência sobrevive.
Se está a fazer um trabalho nesta área terei todo o prazer em ajuda-lo, uma vez que a minha vertente é mais biológica do que social e cultural, será com todo o prazer que lhe arranjo a bibliografia adequada.
Já agora, o link não deixa aceder.
Cumprimentos

Henrik disse...

sapiens os links não estão a funcionar, e eu que já ia todo lançado...

Rafael Velasquez disse...

interessante isso. mas como não sou de portugal…